segunda-feira, 30 de julho de 2007

Novela mexicana... Filme romântico...

Espera, esperança, amor, amizade, expectativa, lembrança, sintonia, abraço, beijo, confusão. Dois corações e o mesmo amor. Dois corações e a mesma esperança. Dois corações e a mesma amizade. Dois corações e o mesmo medo. Dois corações e a mesma reciprocidade.

A conversa iniciada simples, calma e clara teve um resultado suntuosamente admirável. Esconderam o amor que sentiam um do outro por medo de perder o que tinham conquistado. Ambos, no seu íntimo, achavam impossível realizar o que sentiam e resolveram ocultar o sentimento nobre. De repente, tudo se explodiu na cara dos amantes e o coração se explodiu ainda mais em felicidade harmoniosa.

Os amantes dançavam em alma com a música rítmica que o coração tocava e seus lábios cantavam em revelações mútuas, finalmente era confessado o que por tanto tempo fora guardado.

O amor estava à flor da pele, sorriam abobados, contemplavam o nada, encontravam-se perdidos numa viagem imaginária, os olhos ofuscavam como infinitas pedrinhas de rubi ao sol. Eram amados. Amavam. Isso bastava, não importava a distância.

- Vontade de te abraçar – disse sem medo.

- Vontade do seu abraço – respondeu – Vontade de te fazer carinho. Vontade de você.

- É recíproco – rebateu quase instantaneamente – sempre foi!

- É... Sempre foi... – respondeu com um sorriso de que só quem ama sabe.

15 comentários:

Anônimo disse...

texto romântico!!!
que legal!!!
gostei... gostei...

Déu disse...

Uiaaaa nina coração de pedra se desmanchando em um romantico texto!
quem eh o sortudooo q conseguiu uma façanha dessas?
AHuHauHauA...
Amei o texto!
Bjuuuuu minha escritora favorita ^^

vini disse...

heuheuheuheuheuheu

Nina gostosaaaaa...
adorei seu blog!!!

mas oq gostei msm foi do "Fiquem bonitos!" hauHAUhauhUAHuha

seus textos sao otEEmos... nada doq reclamar...

bjaummmmmm

Yves disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Yves disse...

E foi quando eu finalmente consegui comentar, que eu mais me surpreendi. O seu talento como escritora é notável. Mergulha o leitor num infindável êxtase emotivo, e desperta a vontade de realização proposta no texto quase que instantaneamente. Me vejo sem palavras, me encontro perdido na grandiosidade do teu conteúdo. Simplesmente perfeito.

Yuri disse...

Surpreedendo cada vez mais! Toda romântica. Que lindo! rs
Ótimo texto!
Bjão!

Anônimo disse...

Ei mininha!
Já ouviu falar do amigo Orgus?
Ele chega todo dia acabado do trabalho,não tem mulher,pois não achou um amor para acompanhar seu ritmo.Prefere comprar o sexo numa esquina qualquer.Acha que fazer amigos é chato,então prefere o carinho de seu cachorro.Acha que amar ao próximo é dar um sopão natalino aos pobres!
Mas hoje o amigo Orgus que mora em mim,nescecita mudar pra sobreviver,precisa achar que é comum em todos nós,quer faltar ao trabalho,quer ver o nascer e o ôr do sol,quer ver as estrelas e a lua,simplismente pra saber que mora em cada um de nós.
Ele é a nescecidade que temos pra nos acharmos normais.
O orgus quer mudar,por um dia...ele quer mudar...

Anônimo disse...

nineurissss!
um texto romantico vindo de vc realmente eh novidade! ^^
seu blog tah ótimooo!
bom... tenho nenhuma critica a fazer... tah td mt mt legal!

aproveitando o clima romantico...
AMO-TE! hauhauahuahauhauha
bjao minha querida!

sarinha disse...

ninocaaa!!
parabéns mininahh!!! texto lindo!!!
como todos os outros dois.. é claro...

escreves muito bem!!
muito legal...

bj
=D

Igor disse...

(me)Nina,

Cheguei aqui tb não por acaso e, bom seria displicência minha passar por aqui e não comentar (crise de criatividade comentativa, o dejà-vu anunciado. ;P)

Lindo seu texto. É tão bom isso a que chamam de amor, esse inundar-se...

Boa sorte, aspirante a jornalista! o/

(obs: tome cuidado! conheço gente (jornalista em processo) que diz que a faculdade ACABA com o seu processo criativo, que o texto jornalístico é diferente do literário, etc, e que mais valia a pena ter feito Letras, blá-blá-blá... Mas bom, não to aqui pra ficar "urubuzando"...

Boa sorte como jornalista e como escritora! Mind your targets and... go on! =DD

Bjos!

lily disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
lily disse...

tá cada vez melhorrrrr!!!
adorei muito, viu??
beijocas de liloca!!

Ariela disse...

Pq nunca mais escreveu nada?
Tá na hora mocinha...

bjos

Elisa (Sapo - hoho) disse...

Ninaaaaaaaa

Finalmente consegui entrar aki se naum ela me matava!

uheuheuheueh

textinho romantico hein?
uiaaaa
hehe

adorei o texto flôooor
cada vez melhor...
amei de verdade

=D

Thaís Procópio disse...

Ninaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...
q ti-lindoooo...e naum é nada tão dramático assim cm novela mexicana viu?
Gostei mt msm... ihiii...q linduuu
bem escritooo... dessa vez as palavras naum eram apenas conjuntos... era sentimentos q saiam de letrinhas primeiramente sme sentidooo...mas q na mente e na bok de kem sabe entender e sentir verdadeiramente soam cm lindas canções...!!!