quinta-feira, 12 de julho de 2007

Menina...

A menina estava a ir ao armazém a pedido da mãe...

Na hora que ela estava no balcão passando as compras, o moço do armazém, reparando seus enormes olhos verde alga, perguntou porque olhos de menina dela escondiam tanta coisa sobre seu ser.

Ela respondeu que seus olhos de menina não escondiam nada... eles só eram as janelas pra sua alma!

O moço do armazém, não satisfeito com a resposta da menina, falou que os seus olhos eram sim a janela da alma, mas que elas não estavam totalmente abertas, já que, ele não conseguia ver através dos olhos dela.

Ela respondeu, com toda sua simplicidade infantil, que o seu ser era complexo demais para ser visto a olho nu e simples demais para que alguém desse importância, porque quase ninguém dá importância as coisas simples atualmente!


Aí o moço do armazém ficou quieto...

6 comentários:

lily disse...

ninaaaaaaaaaaaa!!! finalmente conseguir entrar!!
o seu texto está bem escrito, está coerente e eu gostei muito!

=)
um beijo!!!

Ariela disse...

Muito bom... mas agora eu quero o meu... não se esqueça...
Hum... :)
Continue assim e será uma bela escritora!!!!
Bjos Nina

André disse...

Importância as pequenas coisas...
Gosto muitos dos seus textos.
Beijão

Lucinete disse...

Ninoca!!!!!
Vou apostar + em ti.
Realmente são poucos q dão importância a pequenas coisas.
Vc vai além disso.
bjaum

Lucas disse...

Nina, adorei esse seu blog
caraca, paguei pau...
serio msm
Mt talentosa vc!!!
Bjus
"Eu nao acho uma merda" =]

Lucas Fernandes disse...

O moço do armazém é chato pra cacete, viu?! Vai ver era um pedófilo e estava querendo queixar a menina... =)